✍ Dєscσbяiиdσ α нisтóяiα dα αятє


A arte da Pré-História
   O ser humano sempre procurou representar, por meio de imagens, a realidade em que vive - pessoas, animais, objetos e elementos da natureza, etc. - e os seres que imagina - divindades, por exemplo.
   As artes visuais - desenho, pintura, grafite, escultura. etc. -, a literatura, a música, a dança e o teatro são formas de expressão que constituem a arte. Neste livro, você conhecerá a evolução das artes visuais através dos tempos e verá que a expressão artística não está isolada das demais atividades humanas: ela está profundamente integrada à cultura dos povos.


As primeiras expressões artísticas
    As mais antigas figuras feitas pelo ser humano foram desenhadas em paredes de rocha, sobretudo em cavernas. Esse tipo de arte é chamado de rupestre, do latim rupes, rocha. Já foram encontradas imagens rupestres em muitos locais, mas as mais estudadas são as das cavernas de Lascaux e Chauvet, França, de Altamira, Espanha, de Tassili, na região do Saara, África, e as do município de São Raimundo Nonato, no Piauí, Brasil.
    Dentre as pinturas rupestres destacam-se as chamadas mãos em negativo e os desenhos e pinturas de animais. As mãos em negativa(fig. 1.5) são um dos primeiros registros deixados pelos nossos ancestrais que viveram por volta de 30 mil anos atrás, no periodo da pré-História chamado Paleolítico. Elas impressionam e despertam curiosidade, mas os pesquisadores já revelaram muitos detalhes sobre a técnica usada para criá-las.
    Nos desenhos e pinturas de animais, chama nossa atenção o naturalismo: o artista pintava o animal do modo como o via, reproduzindo a natureza tal qual seus olhos a captavam. Observando essas pinturas, nota-se a presença de animais de grande porte: alguns talvez temidos, mas que eram caçados pelo ser humano, como os bisões (fig. 1.6); outros que provavelmente não representavam ameaça alguma, como renas e cavalos.
    

 O ser humano retrata a si mesmo
     No último período da Pré-História , o Neolítico, iniciou-se o desenvolvimento da agricultura e a domesticação de animais. Os grupos humanos, que tinham vida nômade, isto é, sem habitação fixa, não precisavam mais mudar-se constantemente em busca de alimento e puderam se fixar.
   Essa mudança para uma vida mais estável foi decisiva para originar as sociedades atuais e também teve reflexos na expressão artística: o artista do Neolítico passou a retratar a figura humana em suas atividades cotidianas (fig. 1.7).
   O ser humano do Neolítico desenvolveu técnicas como a tecelagem, a cerâmica e a construção de moradias. Além disso, como já produzia fogo, começou a trabalhar na fundição de metais, Assim, suas atividades começaram a se modificar - e as pinturas rupestres registraram essas transformações.
     

A arte da escultura e da cerâmica

   Os artistas p´re-históricos faziam também escultura, em pedra e metal, que mostram seuempenho na criação de objetos e na representação da figura humana. Há esculturas em bronze nas quais já é possivel observar não só a postura elegante da figura humana como também detalhes do rosto e das vestes.
   Uma das primeiras representações humanas em escultura é a figura de mulher que você vê na fig. 1.8.


 
Parede de caverna com pinturas de mãos em negativo.

 
Pintura rupestre de bisão. Altamira, Espanha.




  














Pinturas rupestres encomtradas no Parque Nacional da serra da Capivara, São Raimundo Nonato, Piauí




 
Vênus de Willendorf. Altura: 11cm Museu de História Natural, Viena.




A representação do mundo
  Observe estas figuras. Elas nem sempre são uma cópia fiel da realidade. Saber por quê? É que seus autores representaram o mundo da maneira que o viam e usaram a imaginação para idealizar os seres e as coisas. Além disso, eles talvez quisessem expressar, para o observador, alguma idéia ou sentimento especial. Compreender tudo isso é importante para entender a História da arte e para apreciar e valorizar a nossa criação artística e a de outros povos.


 
três garrafas de coca-cola (1962) de andy Warhol.



Fantasma com máscara (1952), de Karel Appel. Dimensões: 1,16 m x 1,89 m. Coleção particular.











0 comentários:

Postar um comentário

Comentários que seram excluidos

Comentários em letra maiúscula.
Comentários de anônimos.
Comentários fazendo propaganda de seu próprio blog.
Comentários com o português miguxes.( Awe amiga, s bg ew shou di bola. Xuper bj)
Comentários com palavras obsenas.
Comentários com insultos.
Comentários falando mal de outros blogueiros.(resolva seu problema direto com seu desafeto)
Comentários perguntando o que já tem aqui no blog.
Comentários pedindo para eu ir até o seu blog dar uma olhadinha.
Comentários pedindo para adicionar ao MSN.
Comentários racistas.


Por favor, entenda que não tenho tempo para isso, não é má vontade mas não posso e o mais importante, não quero me aborrecer com estes pormenores.

Divulgue-o

Windows Live Messenger + Facebook

Google+ Badge